Hist⩡

 

Um pouco da Hist⩡ de Bombinhas


Primeiros Habitantes
Muitas S㯠as evidꮣias de que os �ios carij㠰ertencentes ࠮a磯 tupi-guarani foram os primeiros a povoarem este litoral. Os s�os arqueol穣os (sambaquis), descobertos em algumas praias e terrenos de igrejas de Bombinhas, como a de Zimbros e de Canto Grande n㯠deixam d餡s. Infelizmente escava絥s que nada tinham a ver com pesquisas, arruinaram alguns desses tesouros. Sambaquis foram destru�s pela a磯 inconseq de moradores, por projetos imobiliᲩos, constru絥s e aberturas de ruas para loteamento, comprometendo esse patrim hist⩣o e arqueol穣o.

Povoamento A篲iano da Regi㯼/font>
Os primeiro colonizadores a chegarem em Santa Catarina foram os espanh鳮 No ano de 1527, Sebasti㯠Caboto, a servi篠do rei da Espanha, atracou na enseada de Zimbros, batizando-a de S㯠Sebasti㯮 Grande parte da tripula磯 decidiu ficar no Brasil espalhando-se pelo litoral catarinense.

E para comprovar a veracidade da terra descoberta, quatro nativos brasileiros foram levados como "trof鵳" para a Europa.

O governo portugu고no intuito de garantir o seu dom�o na nova col decidiu enviar uma expedi磯 em 1711, comandada por Manoel Gon硬ves de Aguiar, que aportou na Enseada de Garoupas (nome dado ࠲egi㯠de Porto Belo), com a finalidade de constatar as riquezas do local e a possibilidade de povoamento.
Crises econ�as e terremotos nas ilhas dos A篲es e da Madeira fizeram com que o Rei D. Jo㯠V, de Portugal, em 1735 apressa-se a coloniza磯 em nosso litoral e interior .

Como viviam os novos habitantes
Os s�os arqueol穣os, localizados nas praias, provavelmente em fun磯 da sobrevivꮣia atrav鳠da pesca, embora tamb魠se dedicasse ࠰lanta磯 de mandioca. Os imigrantes, ao contrᲩo, preferiram fixar-se nos morros, onde dedicavam-se principalmente ࠡgricultura, o que promoveu a povoa磯 em reas do interior da pen�ula. Come硲am as primeiras planta絥s de feij㯬 caf鬠batata, cana de a纣ar, mandioca, frutas e ervas medicinais, a maior parte para consumo pr಩o.

O Com鲣io era feito ࠢase de troca de mercadorias, com muita dificuldade. Eram necessᲩas longas caminhadas pelas picadas abertas atrav鳠dos morros e tabuleiros, carregando pesados fardos sobre os ombros, n㯠raras vezes at頯 vizinho povoado de Tijucas. O processo levava o dia inteiro, e no retorno ainda aproveitavam para recolher lenha.

Os brasileiros descobrem Bombinhas

Na d飡da de 1950 a beleza e a abund⮣ia da pesca despertaram a curiosidade de turistas, inicialmente dos munic�os adjacentes, depois, de ga诳 e paranaenses.

A partir da d飡da de 70 verificou-se marcante aumento populacional, o que provocou profunda transforma磯 na vida do balneᲩo.

A Emancipa磯
O rᰩdo crescimento populacional despertou na comunidade o sonho da liberdade. Em 1991, a Assembl驡 Legislativa aprovou uma resolu磯 que autorizava o plebiscito, realizado no dia 15 de mar篠de 1992, quando a emancipa磯 foi aprovada por 1.454 cidad㯳, contra 75 votos desfavorᶥis.

Aos 30 de mar篠de 1992, foi oficializado o Munic�o de Bombinhas, pela Lei Estadual no 8.558, publicada no DiᲩo Oficial do Estado de Santa Catarina, n岯 14.414 de 1o de abril de 1992, sendo eleito como primeiro prefeito, Manoel Marc�o dos Santos, popularmente conhecido como Maneca.

O desenvolvimento
Em 1996, Bombinhas contabilizava 5.845 habitantes, ou seja, 166 pessoas por quil�ro quadrado. Jᠮo ano de 2000 eram 8.700 habitantes, com 241 por quil�ro quadrado, confirmando um crescimento de mais de 10% em apenas quatro anos. Esse aumento colocava Bombinhas na quarta posi磯, entre as cidades que mais cresceram nesse per�o em Santa Catarina.

A Popula磯 flutuante 頤e 60 a 80 mil habitantes (alguns que dizem chegar a 200 mil), durante os meses de dezembro a mar篬 quando a cidade 頩nvadida por veranistas e turistas.

Em Bombinhas, administra磯 p쩣a e comunidade vꭠrealizando um trabalho conjunto de conscientiza磯, visando o crescimento ordenado e um planejamento para o desenvolvimento correto do turismo, sem comprometer a capacidade de suporte do munic�o, a preserva磯 da natureza privilegiada e a qualidade de vida dos habitantes e da Popula磯 flutuante.

 

 
Publicidade